Dicas para os pais fotografarem o seu bebé

Criança a sorrir

Certamente já se questionou acerca daquelas fotografias de bebés que parecem saltar entre outras pela sua naturalidade e beleza, e até gostaria de conseguir algumas dessas fotografias com o seu novo rebento. Saiba como pode tornar as memórias do seu bebé em fotografias memoráveis.

A pesquisa certa

Existem inúmeras pessoas que não ligam muito à fotografia mas, quando nasce um bebé, as coisas podem mudar – todos sabem que as imagens das crianças são memórias preciosas para toda a vida. Se considera que o que interessa é a ideia da fotografia e não a própria fotografia, pense melhor, porque uma imagem transmite sentimentos, e uma boa fotografia ajuda a comunicá-los melhor.

Todavia, a qualidade das imagens depende da capacidade de as obter, e não da câmara fotográfica em si.

Por exemplo, por vezes esquecem-se coisas importantes simples como os olhos vermelhos, que estragam uma fotografia, isto é simples, mas pode estragar todo um conceito. As sombras, as imagens desfocadas,… tudo isto cria stress fotográfico.

Se alguma destas coisas já lhe chamou a atenção, saiba que existem inúmeros pais e mães que sofrem do mesmo.

A cura para este tipo de problemas é ter em mente que menos é mais, e quando for comprar uma câmara digital, considere que não precisa de uma câmara cara, mas sim uma simples!

A câmara fotográfica certa para si

Não tem de gastar todas as suas economias para conseguir fotografias de qualidade, as fotografias não são criadas pela câmara fotográfica, mas sim por si. Por isso, não é por comprar uma câmara fotográfica digital cara que naturalmente vai conseguir melhores fotografias. Atualmente, uma câmara digital comum simples, tem inúmeras funções nas quais pode confiar para obter fotografias de qualidade do dia-a-dia.

Se não tem muita experiência com computadores ou com câmaras fotográficas, opte por uma câmara digital, com o mínimo de funções possíveis, pois trabalhar com uma câmara cheia de opções, pode ser demasiado para quem se inicia no mundo da fotografia. Fotografar pode ser muito divertido e fácil, mas também pode ser muito complexo. Quanto mais tipo de opções a câmara fotográfica tiver, mais experiência é necessária para a operar da forma correta.

Pesquise online, compare preços antes de fazer a compra.

A quantidade de informação que uma câmara fotográfica pode armazenar é medida em megapixéis. E ainda que as câmaras fotográficas compactas menos dispendiosas possam ter 16 megapixéis, a realidade é que, para obter uma fotografia comum, uma câmara com 4 ou 5 megapixéis é mais do que suficiente, pois consegue fotografias já de médio formato, e por um preço inferior a 100€.

Se não vai fazer impressões de grande formato não deve comprar uma câmara compacta por mais de 100€.

Fotografar como um profissional

Uma das grandes vantagens das câmaras fotográficas digitais é a capacidade de se poderem tirar centenas de fotografias antes de se decidir quais as que se vão imprimir. Por isso, pode ir praticando e tirando fotografias em grande quantidade e posteriormente selecionar as melhores.

Mesmo que seja fácil apagar as fotografias menos boas, e dar retoques no computador em programas de edição e imagem, como a correção dos olhos vermelhos, a exposição incorreta e até a desfocagem; o truque para captar fotografias da família boas, artísticas e divertidas, é lendo o manual da câmara fotográfica! Desta forma ficará familiarizado com os termos, símbolos e configurações, antes de conseguir captar os momentos preciosos do seu bebé ou filhos. As câmaras digitais possuem pequenos símbolos e, por vezes, não é óbvio o que significam. Os símbolos não são universais, vão mudando de marca para marca. Compreenda não só os símbolos mas os botões e as configurações do ecrã.

Muitas câmaras digitais estão equipadas com sensores autofócus, grelhas de foco, ou configurações seletivas dos infravermelhos do flash que eliminam os olhos vermelhos. Mas a tecnologia que pode ser uma grande vantagem em algumas situações, poderá não ser a mais amiga das boas fotografias.

Isto no sentido de que o objeto pode reagir a elas. Um pré flash de eliminação de olhos vermelhos, pode arruinar uma fotografia, porque o seu filho pode reagir a ele e acabar por estragar uma potencial excelente fotografia. Isto porque o pré flash pode demorar muito tempo, ou tempo a menos. Por isso, convém testar os diversos modos da câmara antes de fotografar.

Antes de decidir comprar uma impressora de fotografias, lembre-se que inúmeros locais imprimem fotografias a preços muito convidativos e fazem com que uma impressora possa ser um investimento desnecessário. Na altura em que for levantar as suas fotografias impressas e vir que as fotografais estão muito claras ou escuras, pergunte ao técnico porque é que isso aconteceu, certamente ele será capaz de lhe dar algumas dicas.

Evitar os erros de fotografia mais comuns

A maioria dos erros que as pessoas cometem na fotografia são porque as condições de iluminação não são as ideais.

Pouca luz. A falta de luz cria frequentemente imagens desfocadas porque o obturador da câmara fotográfica, para captar mais luz, fica mais tempo aberto. Para este tipo de condições use um tripé, ou um flash de enchimento para compensar a falta de iluminação.

Demasiada luz no plano de fundo. Demasiada luz no plano de fundo de uma fotografia pode tornar o fundo escuro ou causar demasiado contraste, criando uma exposição incorreta. Opte por fotografias no exterior, cedo da manhã ou no final da tarde, alturas em que a luz natural é mais suave.

A melhor coisa a fazer quando se fotografa no exterior é certificar-se que a parte de trás do objeto a fotografar é o sol, e depois usar um flash de enchimento para encher as sombras. Desta forma evita que a pessoa fique a franzir os olhos.

Diminuir o formato para partilhar!

Não se esqueça desta dica! A grande vantagem de um formato digital é também a possibilidade de partilhar fotografias facilmente, por exemplo, enviar por e-mail para outros familiares. Mas, um dos grande erros comuns que as pessoas cometem, é enviar as imagens por e-mail esquecendo-se de diminuir o tamanho das mesmas, e convertê-las para um formato mais comum como o jpeg.

Algumas das câmaras fotográficas captam as imagens por defeito em certo formato, usualmente o comum jpeg. Mas pode não ser, e se a pessoa a quem enviar a imagem não tiver um leitor desse formato, não será capaz de a visualizar. Geralmente, é melhor converter a imagem para um ficheiro jpeg e diminuir o seu tamanho para 6x13 centímetros. Desta forma, será enviada rapidamente e será visível para qualquer pessoa.

Ainda que diariamente sejam lançadas novas tecnologias, novos tipos de equipamento, logo na hora em que nos estávamos a habituar a outros, a realidade é que as câmaras digitais compactas são fantásticas para se conseguir tirar inúmeras fotografias que se armazenam em cartões de memória, e que entre 100 imagens desfocadas e outras 100 sem nexo, existirão 1 ou 2 que serão perfeitas.

A sua votação: 
Average: 5 (5 votos)